Sábado, 18 de Setembro de 2010

Pastilhas de nicotina

Sendo o uso da pastilha de nitotina, um dos métodos mais utilizados por aqueles que desejam deixar de fumar, aqui ficam alguns conselhos.

 

* Lembre-se de que uma pastilha de nicotina não é uma pastilha vulgar.

* Pegue num pedaço de pastilha e mastigue-a algumas vezes para alargar a sua estrutura. Ao mastigar, sentirá um gosto "apimentado", e nessa altura a pastilhe deve estar entre a gengiva e a bochecha. Não continue a mascar.

* A nicotina leva uns minutos a chegar ao cérebro, pelo que os efeitos são menos intensos do que os que se obtêm com inalação do fumo.

* Repita esta estratégia de "mascar e encostar", a intervalos, durante um total de 30 minutos.

* A acção excessiva de mascar pode provocar libertação demasiado rápida da nicotina. Esta mistura-se com a saliva, podendo causar vertigens, náuseas e ulceração na boca e na garganta. Não é absorvida pela corrente sanguínea, nem reduz o grande desejo de fumar.

* Não fume enquanto estiver a mascar a pastilha.

 

 

 

Estes conselhos em nada substituem as instruções dos folhetos informativos.

Consulte sempre um médico e evite a auto-medicação.


Publicado por 100STRESS às 02:04
Link do post | Comentar ou corrigir | Adicionar aos favoritos

Enxaqueca

Uma patologia silenciosa e incapacitante vista à luz da Medicina Alopática e da Medicina Tradicional Chinesa.
As crises de enxaquecas podem ter a duração de apenas algumas horas ou ir até dias, incapacitando a pessoa para a sua vida social, familiar e profissional, devido ao mal-estar generalizado. No entanto, esta poderá ser considerada uma das enfermidades em que a Medicina Tradicional Chinesa melhores resultados obtém. Nas consultas pode-se constatar que as queixas do paciente são exactamente as mesmas: dores acentuadamente temporais, por vezes irradiando lateralmente. Desde moderadas a graves, pulsáteis e que agravam com a actividade física, astenia e alimentação. Nas fases mais intensas podem mesmo surgir náuseas, vómitos, aversão à luz e ao barulho.
As crises podem ter a duração de apenas algumas horas ou ir até dois dias, incapacitando a pessoa para a sua vida social, familiar e profissional, devido ao mal-estar generalizado. Mas, o diagnóstico, prognóstico e terapia entre as duas medicinas são completamente diferentes!

Muito embora existam divergências nos métodos terapêuticos, utilizando mesmo uma linguagem diferente, existe, no entanto, em ambas as medicinas (MTC e Medicina convencional) alguns conceitos idênticos, principalmente na área de prevenção, sendo esta a tónica da MTC (prevenção - respeitando sempre o corpo como um todo).

Os factores preventivos a ter em consideração são: evitar o stress, o cansaço extremo, dormir o suficiente para o organismo recuperar, praticar exercício preferencialmente ao ar livre, massagens, e optar por uma vida mais tranquila. Na parte alimentar, que é igualmente importante, evitar ingerir toxinas, tais como o álcool, café, excesso de carne, queijos, picantes, sal (substituir este por ervas aromáticas).

 

Intervenção da Medicina Alopática

Na Medicina Convencional ainda existem algumas dúvidas na melhor forma de intervenção e tratamento desta angustiante patologia, atribuindo as causas a alguns factores de ordem hormonal, genética, stress e mesmo consequência da toma de alguns medicamentos, nomeadamente anti-depressivos. Além de não estar fora de hipótese ser o hipotálamo o responsável pelas enxaquecas crónicas, devido a uma disfunção das suas hormonas.

Unidos os três factores: emocional, físico e alimentar, e havendo uma certa apetência para esta patologia, que afecta entre 10 a 15% dos portugueses, seguramente a qualquer momento desencadear-se-á uma crise, que muitas vezes obriga a uma corrida às urgências hospitalares, onde o sintoma será de imediato aliviado, e a causa...?

A Medicina Convencional debate-se ainda com várias dúvidas sobre o tratamento das enxaquecas e considera que a cirurgia poderia ser a solução para a sua cura, removendo alguns músculos da fronte e pescoço. Esta intervenção poderia reduzir as dores ou mesmo eliminá-las.

 

Existe ainda o risco dos pacientes que sofrem frequentes e intensas crises de enxaquecas poderem vir a fazer um AVC (Acidente Vascular Cerebral), sendo as mulheres o grupo mais exposto.

 

Intervenção da Medicina Tradicional Chinesa

A definição de “enxaqueca” na Medicina Tradicional Chinesa não existe, sendo o seu diagnóstico único, assim como as terapias aplicadas, e a Acupunctura o principal método terapêutico utilizado, mas não o único. Também se podem utilizar ventosas, fitoterapia chinesa, qiqong, tuina. Pode-se também aconselhar a prática do yoga, do relaxamento, do shiatsu, entre outras, afim de relaxar e aliviar as tensões do pescoço.

Tendo em conta sempre os três factores fundamentais: emoção, físico e alimentação e, em função do diagnóstico efectuado, assim se opta pela terapia mais indicada.

 

A patologia

Após a anamnese concluída, podemos atribuir os sintomas a alguns factores disfuncionais nos diversos órgãos, tais como a hiperactividade do Yang no fígado, provocando assim “vento” na cabeça. Esta patologia é a consequência de uma alimentação incorrecta, como atrás é referido, mas o factor emocional também é importante, e ao fígado estão ligados a ira, a raiva, a fúria, a revolta e o stress, o que vai provocar calor neste órgão.
Sendo a vesícula biliar a víscera do fígado, e pelo facto de estarem intimamente ligados, esta também vai ser afectada pelo calor do mesmo, criando um quadro de humidade/calor na V.B, e isso dá-se exactamente numa parte do meridiano desta, situado lateralmente à cabeça, onde se situa a dor.

Também o vazio de Yin do rim e o vazio de Qi (energia) do B/P (Baço/Pâncreas) podem ser o motivo para o aparecimento daquela patologia, sendo o princípio muito idêntico ao do fígado, mas só após o diagnóstico se pode decidir quais os protocolos a aplicar e respectivas terapias.

Está comprovado que, a maioria dos pacientes com esta enfermidade, tratados pelos métodos tradicionais da Medicina Chinesa obtêm resultados óptimos e a sua cura acontece em 80% dos casos tratados, e os restantes 20% sentem-se melhor, na sua maioria, com as crises mais espaçadas e mais suaves. Esta poderá ser considerada uma das enfermidades, em que a Medicina Tradicional Chinesa, melhores resultados obtém.

 

 

Revista Estética Viva nº 38, Dezembro/Janeiro 2005
Autora: Gracinda Figueira -Licenciada em Medicina Tradicional Chinesa pela Universidade de Nanquim
Agradecimentos: GreenMed

in Sapo - Portugal online!


Publicado por 100STRESS às 01:28
Link do post | Comentar ou corrigir | Adicionar aos favoritos

.Mais sobre mim


. Ver perfil

. Adicionar como amigo

. 7 seguidores

.Pesquisar na Matéria

 

.Novembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Matéria Recente

. 10 cuidados que deve ter ...

. Infeção Urinária

. 10 dicas úteis para contr...

. Alguém perguntou: o que é...

. Perder Peso Rapidamente c...

. Transplante renal

. Diabetes Gestacional (con...

. IMPOTÊNCIA... tratar com ...

. IMPOTÊNCIA... um dos méto...

. Pastilhas de nicotina

. Enxaqueca

. Diabetes Gestacional

. Manual do H1N1

. A saúde do idoso

. Pílula do dia seguinte

. Caminhar- viver saudável

. Lombalgia

. Relatório do Observatório...

. Café na gravidez

. Alzheimer

. Liga Portuguesa Contra o ...

. Ler com pouca luz faz mal...

. Linha Saúde 24

. O cérebro

. ...

. Tabagismo

. Consumo excessivo e prolo...

. Sexualidade/Mulher

. Taquicardia

. Alimentação saudável. Os ...

. Rir é o melhor remédio

. Preservativo - Sexualidad...

. Saúde em frente ao comput...

. Sra. Ministra:

. Continuação pela nossa ca...

. Pela nossa causa

. GREVE!!!

. Substâncias nocivas...

. ReWalk na luta contra a p...

. Saúde na piscina e na pra...

. Regeneração

. Verão - Saúde - Estéctica

. Desmaio - Como proceder

. Detecção da Gravidez

. Medicamento Genérico

. Menopausa

. Dar Sangue

. As reservas de sangue dos...

. SIDA

. Herpes

.Matéria Arquivada

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.Apontamentos

. acidez estomacal(1)

. afecções da mama(1)

. álcool(1)

. alcoolismo(1)

. alimentação(1)

. alimentos ideais(1)

. alzheimer(2)

. ana jorge(1)

. anatomia(1)

. asma(1)

. autópsia(1)

. azia(1)

. bastonária ordem dos enfermeiros(1)

. benigna(1)

. bile(1)

. bílis(1)

. café(1)

. caminhar(1)

. cancro(2)

. cancro do colo do útero(1)

. cardiologia(1)

. células cancerosas(1)

. cérebro(1)

. cialis(1)

. ciclo(1)

. cientistas(1)

. cigarro(1)

. cirurgia(1)

. colesterol(2)

. colo do útero(1)

. composição das vacinas(1)

. contracepção(1)

. coração(2)

. correia de campos(1)

. córtex cerebral(1)

. cuidados(1)

. cuidados com a pele(1)

. cuidados de saúde(1)

. dar sangue(2)

. diabetes(4)

. diabetes gestacional(3)

. dieta(2)

. enfermagem(12)

. enfermeiros(4)

. fígado(2)

. gravidez(5)

. greve(4)

. hdl(2)

. impotência(2)

. impotência sexual(2)

. infeção urinária(2)

. insulina(3)

. medicamentos(2)

. pílula(2)

. sangue(2)

. saúde(10)

. sexualidade(4)

. sida(3)

. síndrome imunodeficiência adquirida(2)

. vacina(4)

. todas as tags

.Subscrever feeds